Arquivo da tag: performance

O Que Não Queremos Sentir

cap

Publiquei no Digestivo Cultural a crítica Corpo é matéria, corpo é sociedade, corpo é ideia, crítica da exposição Metrô de Superfície – Mostra I Eu escrevi:

(…) a exposição Metrô de Superfície – Mostra I reuniu 13 jovens artistas nordestinos, em um recorte sobre o corpo – desde a acepção mais simples, material mesmo, até o referencial humano, nas relações que o sujeito mantém consigo e com a sociedade. Vou me concentrar em três deles, que me atingiram de maneira particular: Marina de Botas e a mulher que se maquia com uma cega; Carlos Mêlo e arte moderna tateante e exibicionista; Rodrigo Braga, cabeça de cachorro morto grudada na cara. São esses os que mais me desestabilizaram conceitos de beleza, representação, afeto, autoconhecimento, fantasia – como se  tocassem em algum tipo de limite.

Rumos Cinema e Vídeo 2009-2011

Entrevistas com os selecionados do edital 2009-2011 do Rumos Cinema e Vídeo, para o DVD da exposição dos resultados finais. Entre cineastas, artistas visuais, arquitetos e programadores, conversei com Julia Mariano, do grupo realizador de Sinfonia; Sandro Canavezzi, de Pelas FendasRaimo Benedetti, de Sequenze; Arthur Omar, de Alquimia da Velocidade; Daniel Lisboa, de Cellphone; Kátia Maciel, de Casa-Construção; André Guerreiro Lopes, de O Voo de Tuluqac; Gustavo Melo Alessio Slossel, do grupo realizador de Travelling Zona Norte; Luiz duVa, de Storm; Daniel Lima, de O Céu nos Observa; Inês Cardoso, de Museu dos Corações Partidos; Gabriel Menotti, de 0fps: Southbank; Gabriel Gutierrez, do grupo realizador de Polivolume: Conexão Livre; Alessandra Colassanti e Samir Abujamra, de A Verdadeira História da Bailaria de Vermelho; Andréia Midori Simão e Thiago Faelli, de A Redação; os coletivos Lat 23 (representado por Denise Agassi e Marcus Bastos), de Cidades Visíveis, e casadalapa (por Fernando Sato), de Enquadro; o Grupo do Desassossego (por Felipe Bragança e Marina Meliande), de Desassossego – Filme das Maravilhas; e a dupla Cinemata (formada por Cinthia Marcelle e Tiago Mata), de Plataforma.